terça-feira, 6 de abril de 2010

Sozinha Jamais!

"Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos! ..." Belas e sábias palavras de Vinícius de Morais, para mim, um dos maiores poetas brasileiros... Um pouco dramática talvez, pois felizmente não morre tanta gente assim para se lamentar tanto... Mas verdadeira no sentido de nos mostrar que algumas dores são inevitáveis, suportáveis até, quando outras dores são inimagináveis, até mortais.


Como poderia existir um mundo sem amigos?

Amigo é aquela pessoa que está do seu lado. Definido. Uma pessoa que está do seu lado, joga a seu favor, por você, mesmo que não concorde com você, mesmo que tenha opiniões e estilo de vida diferentes, mesmo que se ajoelhe em outro altar, que torça para outro time, que tenha convicções políticas diferentes, que tenha o nível cultural totalmente diverso, que pertença a outra classe social... Amigo é amigo e nada muda isso.

Eu sei o que é ter um amigo, por que Deus me deu a sorte de ter muitos, dos mais variados. Amigos com quem brinquei quando criança e que a vida me permitiu acompanhar durante o crescimento, a adolescência, as formaturas, os casamentos, o nascimento dos filhos, e me permitiu saborear cada vitória. Amigos que me puseram no colo tantas, tantas vezes, que me aconselharam, que me deram força, que me emprestaram grana, que riram comigo, que comemoraram comigo... Amigos que perdoaram as minhas falhas e que relevaram meus defeitos, mesmo quando os magoei.

Gostaria de citar um a um esse time especial que mantém minha sanidade e que me socorre sempre que preciso... Mas seria uma grande injustiça esquecer qualquer nome, mesmo por que o meu tempo é curto, minha memória ruim... Mas meu coração que é mais sábio que minha cabeça, guarda com muito amor todos eles numa suíte especial, com televisão 42", banheira de hidromassagem, vista pro mar e frigobar recheado de vodca com energético...

3 comentários:

Andressa Paixão disse...

Amigos dão sentido a tudo, quando a vida parece não fazer sentido nenhum.

Enrico Marques disse...

Reserva uma coca cola pra mim nesse frigobar, baby?

Nanda Fala... disse...

Você não precisa de reserva, sua vaga é vitalícia!