sábado, 26 de dezembro de 2009

Tamanho é documento?

Muitos se lançaram em busca de uma definição para essa milenar questão filosófica. Eis-me para esclarecer os fatos e quem discorda que atire a primeira pedra.

Desde que Vinícius se desculpou com as feias e afirmou que beleza era fundamental, as mulheres esperam uma vingança à altura. Se beleza é fundamental, tamanho é documento sim. E os pouco dotados que me desculpem...

Aliás, essa história de que tamanho não é documento só pode ter sido inventada e divulgada por algum infeliz pouco privilegiado pela natureza, e o pior é que toda mulher sabe que isso é uma balela, mas nenhuma dá o grito. Amigas, sejamos sinceras com os rapazes, e vamos esclarecer logo isso, para que não haja nenhuma esperança em vão.

Também tem aquela história de não saber usar. Não saber usar é mesmo um problema, mas convenhamos, ninguém nasce sabendo. Se o homem tem potencial, há que se educá-lo. E pronto! Caso solucionável. Mas o problema do tamanho do documento não tem saída. Aliás, tem. Basta seguir a luzinha vermelha da placa "emergência" e cair fora!

Mas... até chegar aos finalmentes, como podemos saber? Não se sai perguntando isso para ninguém, muito menos partindo para o exame assim de cara, não é mesmo? Então, como identificar um moço que passe pela alfândega, sem ter os documentos barrados?

Pode-se seguir algumas receitinhas básicas, mas confesso que não sei a eficácia delas. Vocês vão ter que experiementar e me contar depois. Dizem que homens de mãos e pés pequenos são candidatos a não passarem no teste. Também existe a história do nariz pequeno... A do nariz é ótima, basta olhar na cara do sujeito para tirar as conclusões necessárias. Mas mesmo que essa receita não seja muito segura, ninguém merece homem de mãos pequenas... Sabe aquelas mãos másculas, angulosas, compridas, que seguram sozinhas tudo o que precisa ser segurado? São um bom sinal. Nem macias, nem muito ásperas.  São as mãos ideiais de um homem ideal.

3 comentários:

Sophie Neveu disse...

morri! ahahahahhaha

Pink Rose disse...

Heyyy... mto tempo q não venho aki no seu blog... mas estou lendo e adorando tudo... :)

Bjks

Andressa disse...

ahuahuhauhauhauauhauhaau
Passo mal com você Nanda!
Realmente já ouvi falardessahistoria de pé pequeno...
beijocaaas!
e feliz ano novo!!!!