sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Aquelas nossas promessas!

 Este ano eu vou emagrecer 15 quilos, ou vou viajar para o exterior, vou parar de fumar, vou encontrar um grande amor...
Chegou de novo a época das nossas promessas vazias, porém, nenhuma outra época é mais compatível do que o fim do ano para elas...
Nós precisamos de um rito de passagem, de repetir uma mesma prática, de mostrar a nós mesmos que estamos deixando coisas para trás...E começando uma vida nova, ainda que nada realmente mude.
Eu gosto de usar branco, não sei bem por que, sinto-me bem passando o ano assim. Dizem que branco é paz, mas em algumas culturas é também luto, de certa forma estamos enterrando um ano inteiro.
Meu ano de 2009 começou completamente diferente do que está terminando, e fico feliz em perceber quanta coisa boa aconteceu em tão pouco tempo...
Eu pisei em 2009 à beira do mar, carregando algumas feridas que teimaram em não cicatrizar, mas cheia de vontade para o que desse e viesse. E deu. E veio. Na verdade eu mal precisei fazer esforço algum. Tudo se encaixou suavemente em seu nicho, como se eu só estivesse esperando o giro propício do universo.
Talvez a vida seja mesmo simples assim...
O mundo gira e você está onde não quer estar.
E gira de novo e coloca você exatamente onde você desejava.
Tudo é uma questão de tempo, de fé, de paciência, e de perseverança.
Nenhuma situação, por mais desesperadora, é definitiva para quem acredita num mundo em movimento.

Em 2010 eu só quero que todos a quem eu amo estejam em paz e felizes.
Quero poder ver que as coisas têm mudado e melhorado continuamente.
Talvez eu espere que meu time seja campeão.
E também que China e EUA assinem o tratado da emissão de gases poluentes.
São desejos simples, mas para mim, suficientes.

E desejo tudo de melhor para todos que me acompanharam esse ano inteiro pelo Blog, que também comemorou um ano de vida!

3 comentários:

Andressa disse...

Eu acho que nós fazemos promessas de fim de ano pra que tenhamos metas no proximo ano. Pra ter um objetivo, mesmo que dificil, como por exemplo parar de fumar,para quem fuma é um desafio bastante grande, mas existe o desejo de que isso se torne realidade, e prometemos no fim do ano, por que o novo ano promete novas forças, e um desejo feroz de mudar.Mesmo que nada mude significativamente, nada fica pra sempre no mesmo lugar, do mesmo jeito.

Sophie Neveu disse...

"entra ano e sái ano sempre os mesmos planos" engenheiros do hawaí

Menina MA disse...

Aqui menina, antes das promessas do fim do ano... vamos mesmo combinar a nossa "queima" do ano que passou (que está passando)?
Chego no fim de semana do dia 19.
Vamos tentar combinar algo antes do Natal ou logo depois.
Vamos articular...
beijos