quarta-feira, 16 de setembro de 2009

O Belo Horizontino continua pobre...

Lagoa da Pampulha
O belo horizontino é o povo mais mal educado do Brasil.

Ok, não me baseei em nenhuma pesquisa séria, somente no meu (aguçado) senso de observação, afinal duvido que alguma pesquisa dure 30 anos de observação!

É triste eu falar assim dos meus conterrâneos, mas mais triste ainda é pegar um ônibus de manhã e ver uma senhora com um recém-nascido no colo, tentando se equilibrar nas barras de metal por que ninguém oferece lugar. Para mim é o cúmulo da falta de educação. Beira à covardia. Sem falar no sem-número de velhinhos que tem que brigar para ser atendidos em primeiro lugar nas filas.

O caótico trânsito belo horizontino está a cada dia pior: será que o volume de veículos x qualidade das vias é tão crítico assim? Não creio. Penso mesmo que além de motoristas e pedestres extremamente mal educados, vemos muita desinformação sobre as leis de trânsito (essas básicas, que aprendemos na auto escola, como a de preferência que em Bh ninguém parece compreender ou respeitar).

Papéis nos chão, jardins pisados (e olha que já tivemos o título de Cidade Jardim), gente mal humorada em todo o canto incapaz de dar uma informação, poluição visual e pichação em todos os muros, prédios gigantescos em áreas residenciais, Belo Horizonte está se tornando um inferninho de mentes provincianas e desconfiadas. E uma terra sem lei. Onde qualquer evento imobiliário milhonário é mais importante que um paque preservado.

A comparação é feita com as outras duas maiores cidades do Brasil: Rio de Janeiro e São Paulo. Para o Rio eu já dediquei um carinhoso post, elogiando não só as belezas naturais, como a beleza do humor e astral de seus habitantes. Talvez eu não tenha falado da eficiência do tranporte público e da educação das pessoas. Falo aqui: mil vezes melhor que em BH. São Paulo: já dediquei um post à nossa metrópole, ano passado, quando fui ao show da Madonna. Cidade exuberante pela grandeza e pela eduacação e formalidade das pessoas.

O que está acontecendo aos belo horizontinos? Cadê nossa graça mineira, nosso bem-receber, nosso sorriso inocente, nossa hospitalidade?

Lamentável mesmo...

3 comentários:

Danielle Luciano disse...

O MGTV essa semana tratou desse assunto... é realmente o cúmulo!!
A cidade está um lixo e cheia de gente ruim e mesquinha.Chega a ser triste!!

Rafaela Freitas disse...

Sem vergonha na cara, assumo que eu não conheço efetivamente outra cidade além de BH. (Última vez q eu viajei na minha vida foi aos 3 anos de idade, para a cidade do meu pai, Natal (RN) que, dizem - eu não lembro - ser a coisa mais linda do mundo).

Engraçado é um amigo meu que tbm foi à São Paulo para ver o show da Madonna não poupa reclamações da falta de educação dos paulistas que o negaram informações todas as vezes que ele pediu. Segundo esse meu amigo, ele demorou uma hora e meia para descobrir o melhor caminho para o Morumbi.

Acho que falta de educação não é exclusividade nossa não. É coisa de brasileiro mesmo. No exterior, não existe bituca de cigarro no chão.

Nanda Fala... disse...

Eitaaa... Natal deve ser lindo mesmo...
Que a falta de educação seja coisa de brasileiro então... Mas nós que nascemos em uma cidade e a amamos, não aceitamos tanto descaso com ela... principalmente dos nossos conterrâneos!