sexta-feira, 6 de agosto de 2010

30 coisas para se fazer antes dos 30

1) Formar-se no terceiro grau (qualquer faculdade que você odiou fazer, mas que compensou pelas farras, os porres, os amigos e o diploma que vai te sustentar pro resto da vida).
2) Assistir a Forrest Gump (aquele filme com o Tom Hanks e uma trilha sonora fantástica).
3) Viajar barato e ficar hospedado em Hostel, mochilar, acampar, etc etc (acredite, depois dos trinta você não vai suportar fazer isso mais).
4) Ter vários namorados ao mesmo tempo (é algo que só é possível quando você é totalmente inconsequente... Depois dos 30 os sentimentos dos outros se tornam tão importantes quando os seus).
5) Fazer alguns amigos verdadeiros (se você passar dos 30 sem nenhum, corte os pulsos...)
6) Conhecer o carnaval de Salvador ( supõe-se que o de Diamantina você tenha conhecido antes dos 20)
7) Tomar quantos porres você achar necessário (Depois dos 30 o corpo fica odiosamente pouco resistente ao álcool e propenso à ressaca)
8) Parar de fumar (Se você não conseguir apagar esse mal hábito, depois fica mais difícil).
9) Aprender a dirigir (Acredite, depois dos 30 é bem difícil também).
10) Aprender uma segunda e se puder, terceira língua (Você vai precisar!)
11) Amar seus pais (Quanto antes você fizer isso, mais tempo vai poder curtir os velhos).
12) Tocar algum instrumento (Ah, absolutamente necessário não é, mas é tão bom)...
13) Carimbar seu passaporte (Lembra dos Hostels?)
14) Beijar na chuva (deve ser fantástico)
15) Ficar bêbada e fazer um streap tease (imagina lembrar isso 10 anos depois? pior, imagina ver a filmagem que seus amigos fizeram disso 10 anos depois!!!)
16) Sofrer por amor (sofrer profundamente, ridiculamente, desesperadamente...)
17) Sofrer de novo por amor (quando você acha que já chorou tudo o que tinha que chorar...)
18) Se entregar sem pensar (sabe quando você mergulha de cabeça em alguma coisa muito profunda, sem pensar que o fundo é de azuleijo?)
19) Aprender a gostar de criança (mas deixe os filhos para depois dos 30)
20) Conhecer seus inimigos ( Conhece a ti mesmo, o autoconhecimento é a maior defesa do ser humano)
21) Aprender a gostar de praticar atividade física (antes dos 30 ninguém acha que precisa... até chegar aos 40 e se arrepender de todas as abdominais que você não fez)
22) Ter cabelão na cintura (A data limite para essa cafonice são os 29... Depois disso você corta, repica, vira moderna e pareça uma mulher, não uma mulher que quer ser uma adolescente!)
23) Aprender a economizar (depois dos 30 você descobre que todas as cervejas a menos que tomou e todos os sapatos de grife que deixou de comprar poderiam ser convertidos numa aposentadoria mais cedo)
24) Tenha um caso com um homem muito mais velho que você (na casa dos vinte, isso significa que você vai sair com um quarentão interessantíssimo e isso pode ser muito revelador)
25) Faça as pazes com o espelho (por que você vai desejar a bunda que tinha ao vinte cinco quando cruzar a linha dos 30... ah se vai!)
26) Segure seu grande amor (algumas pessoas tem a sorte de encontrar um grande amor, mas por acreditar que são jovens demais para vivê-lo, pois ainda tem que curtir outras coisas, o deixam escapar... e aquela podia ter sido a última oportunidade...)
27) Usar roupas escandalosas (abuse da piriguetagem... enquanto pode)
28) Cometa todos os erros possíveis (por que vai chegar uma hora que você vai estar cansada de bater a cabeça e vai caprichar mais para fazer melhor... geralmente a ficha cai perto dos 30)
29) Não diga não ( A juventude é para ser vivida e acumular experiências. Não tenha medo de viver as aventuras que a vida lhe oferecer. Depois dos 30 não fica nada bem ser hippie na praia com um namorado pescador).
30) Não se case!!! (Espere os 30... não custa, né?)

2 comentários:

LadyC. disse...

Fernanda, adorei seu blog! E copiei este post no meu blog tbm!! rs Te linkei lá! Dá uma olhada! bjs ladyBNB.blogspot.com

Guilherme Madeira disse...

Concordo apenas em parte contigo, quando dizes que depois dos 30 anos é bem mais complicado aprender a dirigir. Depende da pessoa e da forma como ela aprende. Mas sei que a maioria das pessoas de 30 para cima possuem certa dificuldade, pois têm preocupações com trabalho, casa, filhos, cônjuge, contas a pagar, etc.
Sou um dos poucos homens neste País que deixaram para tirar a carteira de habilitação bem depois dos 18 anos. Os motivos são os mais diversos: falta de dinheiro, falta de tempo disponível em função de trabalho/faculdade/outros projetos, medo ou insegurança em encarar o volante. Me enquadrei em todos esses fatores, após minha “chegada à maioridade”. Tenho 31 anos, e somente agora é que estou em fase de habilitação. Espero conseguir minha sonhada CNH até o meio do ano, que é quando finda meu processo. Senão terei de fazer “tudo de novo”. Completarei 32 anos em outubro. Não tenho filhos. Moro somente com minha esposa.
Guilherme M. - servidor público - Porto Alegre/RS