quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Um dia na vida dele e dela

6:00



Ela acorda toda animada, toma um banho demorado ouvindo Like a Virgen, faz escova no cabelo, toma um desjejum caprichado à base de proteínas e vai para o trabalho toda feliz, afinal é o seu aniversário de namoro.
Ele acorda mal sabendo que dia é hoje, toma banho e faz a barba em menos de meia hora e sai reclamando do trânsito.






10:00


Ela checa o e-mail a toda hora para ver se ele mandou algum cartão eletrônico, olha o celular de segundo em segundo para ver se ele mandou mensagem e cada vez que alguém entra em sua sala ela acha que é uma entrega da floricultura. Mas nunca é.
Ele está pensando em comer um bife bem suculento no almoço. 







12:00


Ela come uma saladinha rápida e corre para o shopping para comprar um vestidinho novo, afinal a única razão pela qual ele não mandou nenhuma mensagem até agora é que está preparando uma surpresa para a noite e ela quer estar linda!
Ele almoça com os colegas tendo um papo agradável sobre futebol e investimentos enquanto come um bife suculento.







15:00


Ela está ansiosa cogitando qual será a surpresa e não consegue se concentrar no trabalho.

Ele está tendo um dia de cão no trabalho pois os fornecedores não cumpriram o prazo, os clientes estão segurando um pagamento vultuoso e a diretoria não pára de mandar e-mails pressionando. Ainda por cima ele tem que apresentar um balanço numa reunião que provavelmente vai levar a tarde toda e ele não consegue pensar em mais nada a não ser uma forma de acabar o dia sem ter um colapso nervoso.






18:00


Ela está a caminho de casa toda sorridente, torcendo para que dê tempo de depilar as pernas.
Ele está a caminho de casa furioso com o trânsito e torcendo para que o jogo seja televisionado no seu canal de esportes preferido.






20:00


Ela está toda produzida no sofá pensando nervosa por que ele ainda não foi buscá-la. 
Ele está jogado no sofá com uma cerveja em uma das mãos e o controle remoto na outra.





22:00


Ela está jogada na cama aos prantos, comendo uma barra de chocolate e sem acreditar que ele esqueceu o aniversário de namoro. Está tendo idéias suicidas, homicidas e pensando em orgias com excessos de calorias. Pensando bem não... afinal, ela sofre tanto na academia para destruir tudo numa noite de fossa.
Ele está frustrado, na cama, pensando como seu time jogou mal, como seu dia no trabalho foi terrível e um pouco chateado por que sua namorada nem deu um telefonemazinho para consolá-lo... Ele adoraria dar umazinha antes de dormir...

5 comentários:

Anita disse...

Engraçado...eu nunca me importo com data de namoro. Na verdade eu raramente lembro e quando lembro eu não comento com meu namorado.É algo que eu não valorizo,mas conheço mulheres que são vidradas nisso hehehe Minha mãe por exemplo ja brigou várias vezes com meu pai pq ele esqueceu datas como aniversário de casamento,e tal.heheh Acho engraçado como eu considero data uma coisa tão inútil.Exceto meu aniversário,lógico.Como boa leonina,acho meu aniversário a data mais especial de todas e comemoro em grande estilo!

Fernanda Fiuza disse...

Ei Ana, obrigada por comentar... Na verdade,hoje em dia muitas mulheres são descoladas como vc... Mas homens são desligados e sempre precisam de um cutucãozinho a mais para comparecer no romantismo... Eu acho que se o cara sabe ser romantico e apreciar a namorada em todos os momentos, tb não precisa de data... Mas nem todos os caras são assim né... Beijos e obrigada pela contribuição!

Andressa disse...

Assim, eu também não ligo muito não.
Eu lembro e tudo, e dou os parabéns a ele por todos esses anos, ele me dá os parabéns também... mas é só. Normalmente, a gente já faz vários programas românticos, então nem esquento com isso. Ele me traz uma rosa quando vai na rua. Ou chega em casa com flores. sem motivo nenhum. Então eu nem ligo Quando quero que algo seja comemorado, eu converso com ele, e digo o que espero daquela data. Poupa muita dor de cabeça!!Homens e mulheres são tão diferentes, que é impossivel acreditar que convivam.
Mais uma vez, um post maravilhoso Nanda!
beijocas

Danielle Luciano disse...

Me fez lembrar de um dia dos namorados, quando trabalhávamos na MRV, lembra?
Não se fala va de outra coisa, você, Mel e eu imaginando a semana toda o que iríamos ganhar!! Você ganhou um par de botas, se não me engano!! :)
Época saudosa, viu?!

Fernanda Fiuza disse...

Nossa, Dani, como eu amava aquelas botas... Namorado é bom´né? Principalmente no domingo à noite!